Tuesday, February 14, 2017

as entranhas de minhas próprias vozes gritam
um grito estranho, intraduzível e inexpresável
que eu, a mesma que os bramo, não decifro

No comments:

Post a Comment